Fórmula 1

Kimi Raikkonen dá primeira vitória do ano à Lotus

Raikkonen2Kimi Raikkonen obteve a primeira vitória ao serviço da Lotus ao impor-se este domingo no Grande Prémio do Abu Dhabi, onde Sebastian Vettel segurou a liderança do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 ao terminar na terceira posição, atrás do seu rival Fernando Alonso.

Raikkonen2x420Raikkonen partiu da quarta posição da grelha devido à penalização de Vettel , mas no arranque conseguiu levar a melhor sobre Alonso e Mark Webber, que arrancou mal e caiu para quarto.

O finlandês da Lotus só seguiu na sombra do ‘pole position’ Lewis Hamilton nas 20 primeiras voltas, altura em que um problema mecânico no McLaren forçou o inglês ao abandono.

A partir dessa altura Kimi procurou gerir a sua vantagem sobre Fernando Alonso, que a meio da prova começou a perder terreno para o finlandês, preocupando-se com Jenson Button, que aproveitou o incidente de Webber com Sergio Perez para assumir a terceira posição.

Nesta altura Vettel já tinha recuperado vários lugares, por mérito próprio e por incidentes, situações de Safety Car. E depois dos homens da frente pararem, viu-se de repente atrás de Raikkonen.

Esperava-se que o campeão do Mundo não parasse mais nenhuma vez, uma vez que já o tinha feito no começo da corrida quando parou para trocar o nariz do seu Red Bull, mas os pneus não aguentaram e Vettel teve mesmo de efetuar um segundo ‘pit stop’.

Com Webber a ficar fora de prova devido à colisão com Romain Grosjean, Vettel regressou à pista atrás dos três primeiros, que ficaram mais perto com a última situação de Safety Car.

E quando a corrida foi retomada o alemão atacou o terceiro lugar de Button, que resistiu enquanto pôde, até ceder a terceira posição, que lhe permitiu ceder apenas três pontos da sua vantagem a Alonso.

Um feito para para Vettel, que foi obrigado a partir das boxes por ter ficado sem combustível no final da qualificação, e também para a Red Bull, cujo monolugar continua a ser a referência de todo o plantel.

Para além de Raikkonen e da Lotus, a prova teve outros heróis, como Pastor Maldonado. O venezuelano que arrancou da terceira posição, não aguentou o andamento de Raikkonen, Alonso, Vettel ou Button, mas a boa velocidade de ponto permitiu-lhe manter-se entre o grupo da frente e os perserguidores. O que no final resultou num excelente quinto lugar final.

 

Raikkonen1x420Classificação

1.º KimiRaikkonen (Lotus-Renault) 1h45:m58,667s

2.º Fernando Alonso (Ferrari) + 0,852s

3.º Sebastian Vettel (Red Bull-Renault) + 4,163s

4.º Jenson Button (McLaren-Mercedes) + 7,787s

5.º Pastor Maldonado (Williams-Renault) + 13,007s

6.º Kamui Kobayashi (Sauber-Ferrari) + 20,076s

7.º Felipe Massa (Ferrari) + 22,896s

8.º Bruno Senna (Williams-Renault) + 23,542s

9.º Paul Di Resta (Force India-Mercedes) + 24,160s

10.º Daniel Ricciardo (Toro Rosso-Ferrari) + 27,400s

Campeonato do Mundo – Pilotos  

1.º Vettel 255 pontos
2.º Alonso 245
3.º Raikkonen 198
4.º Webber 167
5.º Hamilton 165
6.º Button 153
7º Massa 95
8.º Rosberg 93
9.º Grosjean 90
10.º Perez 66

Construtores

1.º Red Bull 422 pontos
2.º Ferrari 340
3.º McLaren 318
4.º Lotus 288
5.º Mercedes136

Em destaque

Subir