Mundo

Justiça espanhola impede independentista catalão preso de tomar posse como eurodeputado

O Supremo Tribunal espanhol recusou hoje em Madrid o pedido do ex-presidente do Governo catalão Oriol Junqueras de sair da prisão, onde está de forma cautelar, para prestar juramento como deputado eleito ao Parlamento Europeu.

Junqueras não poderá assim deslocar-se à comissão nacional de eleições espanhola na próxima segunda-feira, o último dia em que poderia assumir o lugar para o qual foi eleito.

A decisão confirma a posição do Ministério Público, considerando que a posterior deslocação a Bruxelas iria colocar em “perigo irreversível” os fins do procedimento judicial, isto é, permitiria que Junqueras gozasse de imunidade parlamentar o que iria bloquear ou atrasar a sentença que aguarda.

Mais partilhadas da semana

Subir