País

Júlia Pinheiro diz que Bárbara “nunca recuperará a vida profissional”

Júlia Pinheiro, diretora executiva de conteúdos da SIC, foi ouvida esta segunda-feira no Campus de Justiça de Lisboa como testemunha de Bárbara Guimarães no caso de violência doméstica contra Manuel Maria Carrilho.

Em tribunal, a apresentadora portuguesa afirmou que o processo “destruiu emocionalmente” Bárbara Guimarães e que esta “nunca recuperará a vida profissional”.

“Isto nunca passará. A Bárbara nunca recuperará a vida profissional”, acrescentando uma explicação para o afastamento da apresentadora dos Globos de Ouro: “Está insegura. Percebemos que o olhar do público a pode prejudicar. E o olhar do público é o nosso negócio”.

Há uns dias, Bárbara Guimarães revelou que tem projetos na mão.

“Eu sei quando regresso mas não posso dizer. Estou em fase de reuniões e o programa é interessante. A Gabriela [Sobral, diretora de programas da SIC] depois revela. Este ano estou de volta à televisão, prometo”, assegurou a apresentadora.

No entanto, estas declarações não vão de encontro ao que Gabriela Sobral afirmou em tribunal, em fevereiro, que era “difícil ter um rosto do canal envolvido em tanta polémica” e que “se não fosse esta exposição estou convencida que a SIC aproveitava mais a Bárbara.

Enquanto durar este processo, a SIC vai manter a postura que tem tido”, afirmou a diretora de programas da SIC.

7Shares

Mais partilhadas da semana

Subir