Nas Notícias

Jovem tinha vida de luxo em hotéis e SPA’s através de pirataria bancária

Um jovem vai responder em Tribubal pela suspeita de burla informática, contrafação de título equiparado a moeda e acesso ilegítimo. Detido pela Polícia Judiciária (PJ), o estudante terá feito uma vida de luxo – com estadias em hotéis e SPA’s – durante um ano com recurso a crimes informáticos.

De acordo com fonte da Polícia Judiciária, citada pelo Diário de Notícias, “o jovem acedeu aos dados de cartões bancários alheios e terá mesmo efetuado contrafação de cartões de crédito”.

Os especialistas em crime informático da PJ estimam que o jovem, de 21 anos, terá, alegadamente, praticado uma burla informática no valor de 15 mil euros.

Este esquema permitiu-se frequentar hotéis de cinco estrelas e SPA’s. Além disso, terá conseguido comprar roupas e sapatos de marca.

As autoridades estimam que entre os lesados “estão portugueses e estrangeiros, até norte-americanos e chineses, detentores de contas bancárias que foram ‘pirateadas’ pelo suspeito”.

Deste modo, a PJ poderá acionar mecanismos de cooperação internacional para resolver este caso.

19Shares

Em destaque

Subir