Motores

Jovem vedeta do WRC2 ‘de olho’ na Toyota para 2020

Kalle Rovanpera é já uma vedeta, com provas dadas na categoria inferior do ‘Mundial’ de Ralis. Para o ano o jovem finlandês quer dar o ‘salto’ do WRC2 para a equipa Toyota.

Aos 18 anos o filho do antigo piloto do WRC Harri Rovanpera é o ‘sangue’ novo com que se conta para o futuro do WRC.

Os rumores de que Kalle poderá guiar um terceiro Yaris WRC em 2020 vão ganhando corpo, sendo que embora nenhuma das partes confirme qualquer acordo nesse sentido.

Para já o ‘manager’ do jovem piloto, Timo Jouhki, vai dizendo apenas que a Skoda tem sido muito boa para Kalle Rovanpera no WRC2, onde “tem demonstrado um bom andamento”, e admite que agora é “a altura certa” para subir de categoria.

“Queremos ver como ele progride com as notas, como trabalha com a equipa, a sua condição física, como trabalha com os ‘media’ e todas essas coisas, e acho que ele tem progredido em todas as áreas. Provavelmente progredido mais que imaginávamos. O objetivo e que ganhe experiência em todos os ralis. No final desta época tê-lo-á feito”, assinala Jouhki.

Sobre uma passagem para a Toyota no WRC há ainda várias dúvidas, sendo que Tommi Makinen, o ‘patrão’ da equipa disse ser “um pouco cedo” para começar a falar de pilotos para a próxima época, ainda que admita começar a pensar nisso a partir de agora.

Kalle Rovanpera já testou um Yaris WRC em 2017, pelo que o carro japonês não seria propriamente uma novidade para o jovem talentoso finlandês se a entrada na equipa se concretizasse. Mas o próprio parece para já pouco preocupado.

“Se a época continuar assim, então penso que posso ir para os grandes carros (WRC). Podemos ir e aprender ou usar a opção de continuar com a Skoda e ficar mais um ano, porque há muito a aprender sobre as condições dos ralis. Vimos isso em Portugal e na Sardnha. A primeira vez que se faz uma prova é sempre difícil. Por isso ou vou aprender mais com a Skoda ou vou passar para um grande carro”, observou o jovem Rovanpera relativamente à possibilidade de ‘saltar’ para uma equipa como a Toyota.

Mais partilhadas da semana

Subir