Mundo

O jovem criador do jogo Baleia Azul diz que está a “eliminar o lixo” da Humanidade

Chama-se Philipp Budeikin, tem 21 anos, e é-lhe imputada a autoria do Baleia Azul, jogo que tem levado jovens ao suicídio. Este russo sustenta que olha as suas vítimas como “lixo” e que está a “limpar a sociedade”. Em Portugal, o jogo já registou diversos casos.

“Existem pessoas e existem resíduos biológicos – aqueles que não representam nenhum valor para a sociedade. Que causam ou só vão causar danos à sociedade. Eu estava a limpar a nossa sociedade dessas pessoas”.

Um dos autores do jogo da morte já foi preso na Rússia, segundo adianta o jornal britânico Daily Mail. Philipp Budeikin, criador do Baleia Azul, afirma que o seu objetivo é “eliminar o lixo biológico”.

O russo, de 21 anos, está a responder em tribunal por incentivo ao suicídio. Em causa, 16 vítimas. Em declarações à polícia, Budeikin não manifestou arrependimento e sustentou que não fez mais do que “limpar a sociedade”.

Odiado por muitos, Budeikin é amado por muitas das adolescentes que estavam na sua mira. Chegam à prisão dezenas de cartas de amor endereçadas ao jovem.

As autoras das cartas são jovens vulneráveis, cuja correspondência não pode ser impedida pelas autoridades prisionais.

“Provavelmente, são adolescentes que se apaixonaram porque não estavam a receber amor e atenção suficientes por parte dos seus pais. E assim nasceu esse sentimento”, explicou a psicóloga Veronika Matyushina, em declarações ao Daily Mail.

O Baleia Azul é um jogo que consiste numa lavagem cerebral a adolescentes que estão vulneráveis. Durante um período de 50 dias, elas devem cumprir diversas tarefas, entre as quais a automutilação. De nível em nível, chegam até ao derradeiro capítulo: o suicídio.

Philipp Budeikin poderá ter algo em comum com as suas vítimas: essa vulnerabilidade. Quando era adolescente, vivia uma realidade complicada, sem contacto com a mãe e sem laços de afetividade.

Terá sido este o motivo pelo qual o jovem russo procurou pessoas com que vivem esta realidade.

De acordo com o depoimento que fez à polícia, revelou que o jogo começa em 2013, quando cria uma comunidade online.

“Era necessário distinguir pessoas normais do lixo biológico”, assinala.

“Existem pessoas e existem resíduos biológicos – aqueles que não representam nenhum valor para a sociedade. Que causam ou só vão causar danos à sociedade. Eu estava a limpar a nossa sociedade dessas pessoas”, afirmou também.

O jogo Baleia Azul chegou a diversos países, entre os quais Portugal. Desde que foi lançado o alerta, primeiro na Rússia, verificou-se, neste país, uma queda do número de suicídios.

Porém, as autoridades russas não podem ainda estabelecer uma relação causa/efeito entre a denúncia do jogo e a redução do número de suicídios.

596Shares

Mais partilhadas da semana

Subir