Motores

José Pedro Fontes vence Rali Casino de Espinho e é campeão

josepedrofontesespinho4

José Pedro Fontes renovou o título de campeão nacional de ralis ao vencer este domingo o Rali Casino de Espinho. Uma prova marcada pela pouca participação e por ‘baixas’ que acabaram por ditar o seu desfecho.

Primeiro foi Pedro Meireles que ficou pelo caminho com um toque que danificou irremediavelmente o seu Skoda Fabia R5, e depois foi João Barros a desistir quando liderava o evento organizado pelo Targa Clube.

José Pedro Fontes, que até começara mal o rali na sexta-feira à noite, não tendo muita confiança no asfalto molhado da Gaia Street Stage e da super especial de Santa Maria da Feira.

Depois, com Meireles – o seu principal rival na corrida ao título – de fora, o piloto do Citroën Vodafone Team manteve o ritmo sem se preocupar muito em discutir o triunfo no rali, deixando o protagonismo a João Barros, que tinha assumido o comando na véspera.

O piloto de Paredes tinha optado por ‘set-up’ mais duro no seu Ford Fiesta R5, mas a suavização dos acertos não deve ter resultado, porque acabaria fora de estrada.

miguelbarbosaespinho4

Com Carlos Vieira, o mais rápido na Gaia Street Stage, bem cedo fora de prova, Miguel Barbosa colocou-se numa posição de pódio, que com o abandono de João Barros se transformou numa segunda posição com que nem o próprio contava.

Durante grande parte da prova Elias Barros seguiu entre os três primeiros, mas depois de se ver suplantando por José Pedro Fontes e Miguel Barbosa o piloto do segundo Fiesta da P&B Racing acabaria mesmo o rali do Targa no último lugar do pódio.

A ‘jogar em casa’ Joaquim Alves teve a sua melhor prestação da época. O piloto de Cesar chegou mesmo a lutar com Elias Barros pela terceira posição, acabando a prova no quarto posto, mas apenas a dois segundos do piloto de Paredes.

Já nas duas rodas motrizes Diogo Gago fez uma prova tranquila com o Peugeot 208 R2 da Inside Motor. A facilitar o triunfo do piloto algarvio esteve o facto de Gil Antunes ter tido grandes problemas no Renault Clio R3T, o que acabou por atirar o piloto de Sintra para o terceiro posto da categoria.

diogogagoespinho4

Classificação final

1.º José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroën) 1h14m28,3s
2.º Miguel Barbosa/Miguel Ramalho (Skoda) + 1m46,0s
3.º Elias Barros/Ricardo Faria (Ford) + 2m03,6s
4.º Joaquim Alves/Luís Ramalho (Ford) + 2m05,9s
5.º Diogo Gago/Hugo Magalhães (Peugeot) + 3m14,4s
6.º Manuel Castro/Luis Costa (Skoda) + 3m57,3s
7.º Paulo Neto/Vitor Hugo (Citroën) + 4m08,6s
8.º Gil Antunes/Diogo Correia (Renault) + 4m46,7s
9.º António Costa/Nuno R. Silva (Renault) + 6m07,6s
10.º Vitor Ribeiro/Valter Cardoso (Mitsubishi) + 8m12,6s

Fotos: AIFA/Ricardo Cachadinha

10Shares

Mais partilhadas da semana

Subir