Motores

José Pedro Fontes “desapontado” com andamento em Castelo Branco

José Pedro Fontes queria muito mais do que o quarto lugar alcançado no Rali de Castelo Branco, já que nos pisos de asfalto esperava ser mais competitivo face aos rivais.

O piloto portuense, que voltou a ter Inês Ponte na ‘bacquet’ da direita do Citroën C3 R5, tinha a expetativa de poder discutir a vitória num terreno mais favorável às características do seu carro. Mas tal não se verificou.

Fotos: AIFA/Jorge Cunha

‘Zé Pedro’ acabou a prova a lutar pelo último lugar do pódio com o seu adversário e amigo Miguel Barbosa, vindo a perder esse duelo por pouco mais de um segundo. Mas essa pequena derrota nem foi o pior para o piloto do Citroën Vodafone Team.

Apesar de ter sido o mais rápido nas duas passagens pela super especial de sábado à noite, a jornada de domingo viria a confirmar a falta de argumentos de José Pedro Fontes para lutar com Armindo Araújo e Ricardo Teodósio pela vitória. E isso deixou-o dececionado.

“Pura e simplesmente não conseguimos lá chegar. O carro está ótimo, acho que imprimi um bom ritmo, mas que não foi suficiente para suplantar os nossos rivais. Estou desapontado porque achava que tinha condições para fazer melhor e estar na luta pelo triunfo. Era esse o nosso objetivo e achávamos que podíamos lá chegar, todavia à medida que fomos cumprindo os troços desta etapa fui percebendo que não conseguia fazer mais”, assume o piloto do Porto.

06 CITROEN VODAFONE TEAM, JosŽ Pedro FONTES, Ins PONTE, CITROEN C3 R5, 2019 Rali de Castelo Branco 22/23 Junho, Castelo Branco, Portugal. Photo AIFA/ Jorge Cunha

“Resta-nos trabalhar a fundo durante estas quatro semanas que nos separam da próxima prova, para reunir tudo o que é necessário para vencer um rali exigente como o Vinho Madeira. Sei que não vai ser fácil, mas toda a equipa quer voltar a ganhar”, acrescenta ‘Zé Pedro’.

Agora, o campeonato terá uma pausa de pouco mais de um mês, para regressar a actividade com a segunda ronda insular do ano, agora na Madeira. O Rali Vinho Madeira (Asfalto) estará na estrada entre os dias 1 e 3 de Agosto, tendo como base a cidade do Funchal.

Mais partilhadas da semana

Subir