Desporto

Jornada dupla para definir o vencedor da 37.ª edição da Volta ao Alentejo em bicicleta

O vencedor da 37.ª edição da Volta ao Alentejo em bicicleta pode ficar hoje definido, num dia com uma etapa dupla e para o qual o britânico Gabriel Cullaigh (Team Wiggins) parte de amarelo.

Depois de ter vencido a terceira etapa, Cullaigh subiu à liderança, com o mesmo tempo do português Luís Mendonça (Rádio Popular-Boavista) e do espanhol Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano), segundo e terceiro, respetivamente, e de outros 15 ciclistas.

Na parte da manhã, na quarta etapa, os ciclistas vão ligar Ponte de Sor a Portalegre, num percurso de 74,3 quilómetros, no qual terão de passar pela principal dificuldade desta edição, com a passagem pelo Cabeço do Mouro, uma contagem de segunda categoria, a menos de seis quilómetros da meta.

Antes, haverá outra contagem de quarta categoria, no Crato, ao quilómetro 44, além de uma meta volante, em Alter do Chão, aos 31,7 quilómetros.

A sexta etapa, corrida na parte da tarde, é um contrarrelógio de 8,4 quilómetros, em Castelo de Vide, num percurso igual ao de 2018, no final do qual Luís Mendonça subiu à liderança, que confirmou no dia seguinte em Évora.

Apesar da curta distância, o ‘crono’ terá uma dificuldade a meio, com a subida à Ermida de Senhora da Penha.

A 37.ª Volta ao Alentejo termina no domingo, com uma ligação de 152 quilómetros entre Portalegre e Évora, com a meta a estar instalada na Praça do Giraldo.

Mais partilhadas da semana

Subir