Motociclismo

Jonathan Rea e Alvaro Bautista dividem triunfos no Algarve

Um fim de semana de calor e muito público emoldurou a prova portuguesa do Campeonato do Mundo de Superbikes (WSBK) que se disputou este fim de semana no Autódromo Internacional do Algarve.

Naquela que foi a 11ª visita do WSBK à pista de Portimão o Campeão do Mundo Jonathan Rea e o espanhol Alvaro Bautista dividiram triunfos nas duas corridas principais do fim de semana.

Temperaturas a ultrapassarem os 30 graus centígrados e muitos espetadores – mais de 56 mil sgundo dados oficiais – foram as condições perfeitas para os ‘guerreiros’ do asfalto se entregarem a prolongadas batalha no bonito traçado do AIA, com as suas subidas e descidas e a serra de Monchique como ‘pano de fundo’.

‘Johnny’ Rea já por várias vezes (sete) se tinha dado bem no circuito algarvio, e para não variar o piloto da Kawasaki dominou os acontecimentos logo de início, ao ser o mais rápido na qualificação, com uma volta em 1m40,372s, batendo o recorde conseguido no ano passado por Eugene Lavery.

Para o Campeão do Mundo tratou-se da 21ª ‘pole’ da sua carreira e a quinta da temporada, ao cabo de 25 minutos onde nada mais nada menos do que uma dúzia de segundos ficaram separados por somente um segundo, com Tom Sykes a cometer a proeza de colocar a sua BMW na segunda posição da grelha, diante de Sandro Cortese.

Mas nem Sykes nem o alemão teriam andamento para Jonathan Rea ou sequer para os homens das Yamaha e das Ducati, com Chaz Davies a terminar no segundo posto à frente do seu companheiro de equipa, Michael Van der Mark. Isto depois do holandês ter realizado uma grande recuperação. À imagem de Alvaro Bautista, quarto no final deste primeiro confronto.

Este domingo o piloto da Kawasaki começou com mais uma grande exibição ao vencer a Superpole Race – a nona consecutiva – batendo Bautista e Alex Lowes, que desta forma garantiram as três primeiras posições da grelha de partida para a segunda corrida principal.

Nas 20 voltas do confronto Alvaro Bautista conseguiu bater Jonathan Rea e regressar às vitórias. O que desde longo mantém o espanhol da Ducati na luta pelo título, numa prova onde Toprak Razgatlioglu esteve em destaque, ao chegar a ocupar a segunda posição.

Mas o jovem piloto turco aos comandos da melhor das Kawasaki privadas acabaria por não resistir ao andamento infernal de Rea, que viria a ser segundo a somente 0,111s do vencedor.

A jornada algarvia contou também com provas do Campeonato do Mundo de Supersport, onde Federico Caricasulo levou a melhor, ainda que o italiano tenha celebrado depois de uma situação de bandeira vermelha devido a óleo deixado na pista. Randy Krummenacher, o líder do campeonato, foi segundo diante de Lucas Mathias.

O holandês Scott Deroue vencer a prova das Supersport 300, diante do comandante do campeonato, Manuel Gonzalez e da também espanhola Ana Carrasco.

Mais partilhadas da semana

Subir