Motociclismo

Joaquim Rodrigues: “Atingir Buenos Aires no top dez é uma grande sensação”

JoaquimRodriguesDakar13

Conseguir terminar no top dez o seu primeiro Rali Dakar é o feito que poucos conseguem, mas que Joaquim Rodrigues Jr conseguiu. Aos comandos de uma moto de uma equipa indiana, a Hero Speedbrain, o piloto de Barcelos sente uma enorme satisfação pelo trabalho realizado.

Para além da aprendizagem que foi competir nos trilhos sul-americanos e num ano onde a intempérie fez das suas, Rodrigues estava incluído numa equipa nova nestas andanças.

Mas o piloto mostrou qualidades e endurance que poucos na sua situação têm face a adversários muito mais experientes, aos poucos conseguiu ir ‘trepando’ na classificação e a meio da última semana já estava ‘às portas’ do top dez, que acabou por alcançar a um dia do final do rali.

Naturalmente que após uma dúzia de etapas mostrar tão bom andamento não apenas deixa os responsáveis da equipa positivamente surpreendidos, como mostra que Joaquim Rodrigues Jr é capaz de grandes feitos no todo-o-terreno mundial.

JoaquimRodriguesDakar14

“O Dakar está feito e estou muito feliz. Foi o meu primeiro rali, o que torna tudo ainda mais especial. E atingir Buenos Aires no top dez é mesmo uma grande sensação. É algo que nunca sonhara no começo”, reage o piloto minhoto.

“Estou bastante agradecido à equipa Hero Motorsport Rally que tenham pensado em mim para alinhar numa prova de todo-o-terreno como esta. E o que é igualmente importante é que ambas as motos terminaram o rali. O que mostra como boas e fiáveis elas são”, acrescenta Rodrigues Jr.

2Shares

Em destaque

Subir