Motociclismo

João Lourenço e Beto Borrego impõem-se em Loulé

João Lourenço aos comandos de uma Beta, nas motos, e Beto Borrego, em Yamaha, nos quad, foram os grandes vencedores da Baja de Loulé, terceira prova do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno.

Na 30ª edição do evento organizado pelo Clube Automóvel do Algarve, João Lourenço estreou-se a vencer, numa competição das duas rodas onde foi o terceiro piloto a vencer esta temporada.

A juntar a tudo isto, Lourenço impôs-se diante de uma concorrência ‘feroz’ e muito experiente, fazendo a festa ‘em casa’, uma vez que o piloto é oriundo de Vila do Bispo, juntando ao triunfo absoluto a vitória na classe TT2.

O piloto da Beta impôs-se diante de Salvador Vargas, em KTM, e Daniel Jordão, em Yamaha, por sinal dos dois anteriores vencedores na presente época, e que saem do Algarve empatados na liderança do campeonato.

Daniel Jordão venceu ainda a classe TT2, numa prova marcada por uma queda de Bernardo Megre na derradeira especial. O que não impediu o piloto da Husqvarna de terminar na quarta posição e impor-se na classe TT1.

O lote dos oito primeiros encerrou com Domingos Santos na portuguesa AJP, Gonçalo Amaral em Honda outro dos pilotos que também sofreu uma queda, Tiago Santos em Yamaha a única repetente e Francisco Lopes em Suzuki, segundo da classe TT2.

Se juntarmos a estas sete marcas o facto de a SWM através de Armindo Neves continuar a dar cartas entre os veteranos estamos perante um fantástico sucesso. De referir ainda a vitória de Vítor Lopes em KTM na Classe Promoção.

Já nos quad assistiu-se a um duelo emocionante, protagonizado por Beto Borrego e Luís Engeitado, ambos em Yamaha. Engeitado terminou o primeiro dia na frente e manteve-se na frente do campeonato, com o vice-campeão nacional Filipe Martins a completar o pódio.

Mais partilhadas da semana

Subir