Motores

João Ferreira e Luis Recuenco em destaque na Baja de Aragon

João Ferreira e Luís Recuenco foram dois pilotos da M Racing que estiveram em destaque na Baja de Aragon, o piloto da Toyota Land Cruiser por ter vencido a categoria T2, o do Mini JCW por ter ganho o Dakar Challenge – Road to Dakar.

A formação portuguesa abordava a prova espanhola da Taça do Mundo de Todo-o-Terreno com algumas aspirações, e de certa forma isso foi conseguido, ainda o começo do evento disputado na região de Teruel tenha sido complicado, com a desistência de Paulo Rui Ferreira.

Estreando em Aragon o Mini X-Raid, Luís Recuenco e Victor Alijas não podia ter pedido mais do que a vitória no Dakar Challenge e o sétimo lugar absoluto, que traduziram o bom andamento e a aposta acertada no novo carro, apesar de não terem podido testar tanto o carro antes da prova como desejavam.

No Toyota Land Cruiser João Ferreira e David Monteiro tiveram uma prestação meritória, pois na sua categoria venceram três dos quatro setores seletivos, com um pequeno erro a arredá-los de um potencial ‘joker’ em termos de vitórias.

Também é verdade que um capotanço no último setor – prontamente resolvido com a ajuda de outro concorrente – os impediu a dupla portuguesa de fazer o pleno, mas nada que a impedisse de chegar ao lugar mais alto do pódio dos T2.

“Foi uma super corrida, apesar do percalço do Paulo Rui Ferreira e do Jorge Monteiro, que mereciam ter tido melhor sorte. Gostávamos que tivesse sido diferente, pois mereciam ter feito uma boa corrida”, analisou Manuel Russo.

O responsável pela M Racing destaca a vitória na categoria 2 e no Dakar Challenge “logo na prova de estreia do Mini, que terminou em sétimo da ‘geral’, sem qualquer problema”. O que para a equipa é “motivo de satisfação”.

Agora a formação lusa faz uma pausa para férias antes do regresso à competição, na estreia em Beja da Baja TT Vindimas do Alentejo.

Mais partilhadas da semana

Subir