Motores

João Barros aproveita deslize de José Pedro Fontes e vence em Castelo Branco

JoaoBarrosCasteloBranco3

João Barros venceu o Rali de Castelo Branco, depois de um segundo dia surpreendente, em que José Pedro Fontes.deitou ‘pela janela’ uma vitória que muitos acreditavam ser já praticamente certa.

Mas o campeão nacional de ralis mostrou que não há corridas ganhas antes da meta, quando fez um pião e deu um toque que lhe fez perder 20 segundos e também a liderança da prova.

Embora João Barros tivesse ganho a primeira classificativa da etapa, a verdade é que José Pedro Fontes se impôs nas duas seguintes e dilatou a sua vantagem na frente da prova na fase matinal para quase 10 segundos.

A margem não era grande e o piloto do Vodafone Citroën Team sabia que não podia baixar o ritmo. E daí ao erro foi um pequeno passo, com o toque a surgir na segunda passagem pelo troço de São Domingos

JPfontesCasteloBranco3

O piloto de Paredes impôs-se na derradeira classificativa da prova da Escuderia de Castelo Branco e resolveu a contenda, derrotando pela primeira vez o campeão nacional.

Perto desta luta, Miguel Camos fez o que pôde, depois do atraso sofrido na véspera, mas nunca conseguiu anular muito a diferença para a liderança, que no final se cifrou em mais de meio minuto, subindo ao último lugar do pódio.

Pedro Meireles também limitou os danos face aos problemas sentidos no primeiro dia, e levou o segundo Skoda à quarta posição final, embora já a mais de minuto de meio do vencedor.

Da mesma forma Carlos Vieira cimentou o top cinco, com 17 segundos de vantagem sobre Miguel Barbosa, ainda a conhecer o seu Skoda Fabia R5, sobretudo nos pisos de asfalto, pois esta foi a primeira prova deste género que fez com o carro checo.

Nas duas rodas motrizes o espanhol Francisco Cima confirmou o triunfo, ainda que neste segundo dia tenha visto Diogo Gago aproximar-se. O piloto do Peugeot terminou a pouco mais de oito segundos do homem do Renault Clio R3T.

PedroMeirelesCasteloBranco2

Classificação final

1.º João Ramos/Jorge Henriques (Ford) 1h05m06,2s

2.º José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroën) + 6,3s

3.º Miguel Campos/Carlos Magalhães (Skoda) + 31s

4.º Pedro Meireles/Mário Castro (Skoda) + 1m30,3s

5.º Carlos Vieira/Jorge Carvalho (Citroën) + 1m47,4s

6.º Miguel Barbosa/Miguel Ramalho (Skoda) + 3m55,9s

7.º Diogo Salvi/Paulo Babo (Ford) + 4m00,4s

8.º Francisco Cima/Diego Sanjuan (Renaut) + 4m20,4s

9.º Diogo Gago/Hugo Magalhães (Peugeot) + 4m49,4s

10.º Suhyen Pernía/Carlos del Barrio (Renault) + 4m50,5s

Mais partilhadas da semana

Subir