Nacional

Joana Latino fala das “mortes muito duras” dos pais

Joana Latino voltou a abordar a partida dos pais, duas “mortes muito duras”. “O meu pai morreu num crime passional, a minha mãe foi uma morte repentina”, lembrou.

A comentadora da SIC Caras foi a convidada da rubrica ‘ Roleta Russa’, no ‘Queridas Manhãs’ da SIC, e acabou a comentar dois momentos muito dolorosos.

“Foram mortes muito duras. O meu pai morreu num crime passional, (…) a minha mãe foi uma morte repentina, foi sem qualquer nota prévia”, salientou.

A partida dos pais transformou a antiga repórter, ‘forçada’ a amadurecer.

“Na juventude, somos todos um bocadinhos arrogantes”, argumentou: “Quando percebes que as coisas podem mudar de um momento para a outro, tu apagas tudo o que é supérfluo para teres energia, porque não podes carregar uma série de coisas que não te fazem falta nenhuma na vida”.

“A perda faz-nos encontrar o nosso verdadeiro lugar”, insistiu Joana Latino.

Aprofundando as memórias, a comentadora da SIC distinguiu o choque que sofreu com a morte do pai, assassinado a tiro num restaurante, e a da mãe.

“Estar no julgamento do meu pai, entender o processo, ajudou-me a apaziguar-me e a ver ‘aquela pessoa’ só como um homem. No caso da minha mãe, senti ‘que sorte a minha’, porque nós tivemos tempo de nos despedir”, sustentou.

As “mortes muito duras” dos pais geraram “um momento de revolta” que não podia prolongar-se.

“O meu sentido de sobrevivência e a minha predisposição para rir fez-me pensar ‘eu não posso continuar com isto tudo às costas, vou ter de deitar isto em algum lado'”, concluiu Joana Latino.

Veja aqui a rubrica na íntegra.

Como comentadora, Joana Latino desperta paixões e ódios.

Um dos críticos mais mediáticos da antiga repórter é a ‘rainha de Portugal’, José Castelo Branco.

Na sequência de uma polémica sobre uma iniciativa solidária, em 2017, o ‘conde’ referiu-se a Joana Latino e Liliana Campos como “cadelas”.

O ‘bate-boca’ prosseguiu e José Castelo Branco acabou a publicar um vídeo anunciando um espectáculo. Veja.


Mais partilhadas da semana

Subir