Nas Redes

Joana Amaral Dias teme “tragédia” na ponte 25 de Abril

Joana Amaral Dias recordou nas redes sociais um relatório do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) que alerta para a necessidade de realizar obras na ponte que liga Lisboa a Almada. A antiga deputada teme que ocorra uma “tragédia” na ponte.

Numa nota deixada na sua conta na rede social Facebook, Joana Amaral Dias, que tem sido notícia pelos registos sensuais e ousados em destinos mais ou menos paradisíacos, traça um cenário ‘cinzento’ quer na gestão da ponte lisboeta quer nos eventuais riscos para quem a atravessa.

“A ponte 25 de Abril continua sem um serviço de manutenção permanente. A Lusoponte ma** os lucros mas lava daí as suas mãos, o Estado (através das Infraestruturas de Portugal) diz que está tudo bem e ninguém se mexe”, começa por referir a antiga deputada do Bloco de Esquerda.

Amaral Dias salienta que “há oito anos que estão identificadas as fissuras e outras anomalias na estrutura” da ponte 25 de Abril.

Daí que Joana Amaral Dias tema que possa acontecer algo.

“Se acontecer uma tragédia, sabemos bem o que se segue: três comissões de inquérito, quatro linhas de apoio, pedidos de explicações, passa-culpas. Portugal sentado, à espera do cataclismo”.

As obras na ponte 25 de Abril têm início previsto para o final de 2018 e a duração estimada ronda os dois anos.

Em março, o LNEC chegou a comentar as notícias sobre a segurança da ponte.

Na altura, recorde-se, também Marcelo Rebelo de Sousa comentou as notícias que davam conta da necessidade de obras na ponte 25 de Abril.

Agora, é Joana Amaral Dias a recordar o tema da segurança da ponte 25 de Abril.

A antiga deputada que tem dado que falar nas redes sociais, sobretudo pelos registos sedutores que vai partilhando.

Veja no vídeo:


Mais partilhadas da semana

Subir