Motores

Japoneses Myiata e Tomita são ‘wild cards’ no WTCR em Suzuka

Os japoneses Ritomo Myiata e Ryuchiro Tomita são os dois pilotos ‘wild cards’ (convidados) para a ronda nipónica da Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR), que no próximo fim de semana se disputa no Circuito de Suzuka.

A equipa Audi Team Hitotsuyama será a responsável pelos Audi RS3 LMS TCR com que os dois japoneses vão alinhar na prova nipónica do WTCR, sendo que Miyata foi por duas vezes campeão de Fórmula 4 no Japão, enquanto Tomita venceu por duas vezes a GT-R Prestige Cup, também em solo japonês.

“Tive a oportunidade de testar o Audi RS3 LMS em Fuji com o Team Hitotsuyama. Nunca tinha guiado um carro de tração dianteira antes. Tenho passado a minha carreira no karting, nos monolugares e no SuperGT, mas devo dizer que gostei logo da categoria TCR, porque o Audi é um carro fácil e divertido de guiar”, reagiu Ritomo Myiata, de 20 anos, que ocupa atualmente o segundo lugar no campeonato japonês de Fórmula 3, logo atrás do francês Sacha Fenetraz.

Já Ryuchiro Tomita, de 30 anos, competiu no Super GT com um Audi R8 LMS da Hitsotsuyama na categoria GT300, tendo-se mantido com a marca dos quatro anéis desde 2011, quando venceu o título de Super Taikyu.

Tomita diz que pediu algumas ‘dicas’ a Fréderic Vervisch sobre o RS3 LMS: “Ele deu-me alguns conselhos para o WTCR, tanto em termos do carro como na forma de abordar as sessões durante o fim de semana, para as aproveitar ao máximo. E tive a oportunidade de conhecer o RS8 LMS do Team Hitsotsuyama em Fuji”.

“No ano passado corri com o carro em Motegi e gostei, tendo conseguido um terceiro lugar numa corrida de endurance recentemente. Quando comparado com outros carros de tração à frente com que corria anteriormente na minha carreira e classes mais baixas o TCR é um carro muito mais potente e divertido. Tenho um objetivo para o fim de semana de Suzuka, onde já corri muitas vezes; terminar no top dez”, confessou ainda o piloto de Tóquio.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir