Motociclismo

Ivo Lopes imparável em Portimão

Foi um tempo primaveril que recebeu os concorrentes da segunda ronda do Campeonato Nacional de Velocidade em Motociclismo no Autódromo Internacional do Algarve.

Nove dezenas de pilotos fizeram-se à pista de Portimão para oito corridas que punham o seu talento à prova, num traçado conhecido pelo seu relevo e exigência. Uma autêntica ‘montanha russa’ de emoções.

A classe ‘rainha’, a das Superbike, era o ‘prato forte’ do programa e não desiludiu. Rápido no traçado algarvio, Ivo Lopes mostrou bem cedo ao que vinha, superando a concorrência nos treinos cronometrados de sábado, onde deixou Tiago Magalhães a quase um segundo.

Já na primeira corrida, André Pires juntou-se ‘à festa’, liderando nas duas primeiras voltas. Mas Ivo Lopes não tardaria a assumir o comando que manteria até ao final, diante de Pires e Magalhães, que se envolveram num interessante duelo pelo segundo posto. Pedro Nuno e Romeo Leite completaram o top cinco.

Lopes voltaria a marcar o seu domínio na qualificação para o segundo confronto, garantindo nova ‘pole position’, desta feita batendo Pedro Nuno e André Pires, antevendo-se mais uma interessante prova.

Pedro Nuno contribuiu para que a segunda corrida fosse interessante, dando muita luta a Ivo Lopes na fase inicial, ainda que não evitando que o Campeão Nacional se voltasse a impor e com grande autoridade sobre Tiago Magalhães. Pedro Nuno teve de se contentar com o último lugar do pódio, com André Pires e Rui Reigoto a completarem o lote dos cinco primeiros.

Nas PréMoto3 ‘Kiko’ Maria repetiu o êxito do Estoril e impôs-se com quase um minuto de vantagem sobre David Ferreira, enquanto Rui Afonso foi terceiro. Tomás Afonso foi o melhor das Supersport 300, diante de Vasco Esturrado e Pedro Fragoso.

Tiago Balhé estreou-se no degrau mais alto das Moto5 ao impor-se com 25s de vantagem sobre Pedro Afonso e quase 45 sobre Rodrigo Martins. Marco Mateiro foi o melhor das 85 cc, na frente de Nuno Ribeiro e Bruna Santos.

O Troféu ENI-TLC teve em João Curva o vencedor das duas corridas e da classe Open, o mesmo sucedeu com Ricardo Romeo nas SBK, enquanto Ricardo Almeida impôs-se nas SS no sábado e Joaquim Boavida consegui-o no domingo.

Abian Romero dominou a Zcup, batendo Nuno Farias, enquanto Ricardo Silva e Tiago Pires se impuseram nas respetivas classes na primeira corrida da Copa Motoval, com Jaime Coelho a impor-se na classe 1 na segunda corrida, onde Tiago Pires repetiu o êxito na classe 2.

O campeonato regressa já a 15 e 16 de junho, novamente no Autódromo Internacional do Algarve.

Mais partilhadas da semana

Subir