Mundo

Irão apresenta novo sistema de defesa aérea no meio da tensão com Estados Unidos

O Ministério da Defesa do Irão divulgou um novo sistema de defesa aérea, de fabrico nacional, com capacidade para atingir múltiplos alvos com mísseis, no decurso do aumento de tensão com os Estados Unidos da América.

O novo sistema, projetado por especialistas da Divisão Aeroespacial do Exército do Irão, tem um alcance de 150 quilómetros para detetar os alvos voadores e 120 quilómetros para os intercetar.

“O sistema de defesa aérea ’15 de Jordad’ pode detetar e intercetar seis alvos simultaneamente”, explicou o ministro da Defesa iraniano, Amir Hatami, citado pelos meios de comunicação oficiais.

O governante indicou que o novo sistema utiliza o míssil Sayad-3, também de fabrico iraniano, e permite o rastreio de alvos como aviões de combate e aeronaves não tripuladas, informou a agência espanhola Efe.

“O Exército vê como obrigação melhorar a defesa aérea e a segurança do céu da República Islâmica (…) de acordo com a necessidade do país e o tipo de ameaças que enfrentamos”, afirmou Amir Hatami.

Os EUA decidiram aumentar o seu destacamento militar no Médio Oriente depois o aumento da tensão com o Irão, por causa das sanções económicas de Washington e da classificação como grupo terrorista da Guarda Revolucionária iraniana.

O ministro iraniano destacou que o país “é capaz de se defender contra qualquer tipo de ameaça aérea sem precisar de ajuda externa”, apesar das sanções e especialmente sobre o embargo de armas que prevalece contra o regime de Teerão.

Amir Hatami considerou que o novo sistema de defesa aérea é “um símbolo da autossuficiência do Irão” e dos esforços para desenvolver as capacidades defensivas do país.

O desenvolvimento dos programas de mísseis balísticos foi uma das razões apontadas pela administração de Donald Trump para voltar a impor sanções ao Irão, no ano passado, após a retirada unilateral do acordo nuclear de 2015.

As autoridades iranianas alegam que os seus programas de armas têm apenas um objetivo dissuasor, embora tenham alertado que estão preparados para se defender de qualquer ataque.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir