Nas Notícias

Incêndios: Há 14 freguesias sem telefone

O primeiro-ministro revelou, durante o debate quinzenal, que ainda há 14 freguesias sem acesso ao telefone na sequência dos incêndios de 2017.

António Costa citou um relatório da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) para apresentar esse e outros números.

“O que foi detetado até agora pela Anacom é que existem 14 freguesias no conjunto do País, nos concelhos da Sertã, Gouveia, Oliveira do Hospital e Pampilhosa da Serra, onde o serviço não está ainda restabelecido”, revelou o governante, no Parlamento.

São freguesias que ficaram sem telefone depois dos incêndios de 2017 terem consumido 3000 quilómetros de cabos e 45 mil postos de cablagem.

As operadoras disseram ter restabelecido “99,5 por cento dos casos”, continuou o primeiro-ministro, estando o regulador agora no terreno para confirmar essas indicações.

As declarações de António Costa surgiram como resposta ao secretário-geral do PCP, depois de Jerónimo de Sousa ter acusado o Governo de “olhar passivamente” para a inação da Altice/PT na reposição de telecomunicações nas regiões atingidas pelos incêndios de 2017.

O líder comunista evocou como exemplo o caso de um casal de idosos da Sertã. A mulher morreu enquanto o marido percorria mais de dois quilómetros a pé para ir pedir socorro, por não ter ainda o serviço de telefone.

7Shares

Mais partilhadas da semana

Subir