Economia

IKEA vai cortar 7500 postos de trabalho a nível mundial

A IKEA anunciou hoje que vai cortar cerca de 7500 postos de trabalho a nível mundial no grupo nos próximos anos, no âmbito de um processo de transformação da cadeia de mobiliário e decoração sueca.

A Ingka Group, sociedade que concentra 90 por cento das vendas da IKEA, irá criar, ao mesmo tempo, 11.500 novos postos de trabalho, um plano que inclui novas lojas, investimentos na digitalização e um aumento da capacidade.

“Vamos introduzir uma nova organização, mais adaptada para satisfazer os nossos clientes. Para a tornar possível, necessitamos de melhorar a nossa forma de trabalhar, dirigir e organizar”, refere em comunicado o diretor da IKEA Suécia.

A cadeia sueca referiu que nem todos os países serão afetados da mesma forma.

A IKEA emprega cerca de 160 mil empregados em 30 mercados.

Em Portugal, tem cinco lojas (Alfragide, Braga, Loures, Matosinhos e Loulé) e 2500 trabalhadores.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir