Tecnologia

Huawei garante: Bastam 4GB de RAM, telemóveis não precisam de 6GB

A corrida à memória nos smartphones está a tornar-se exagerada, avisa a Huawei. Os telemóveis só precisam de 4GB e 6GB chegam a ser um exagero face às melhorias constantes nos processadores e no restante hardware.

O alerta é assinado por Lao Shi, o responsável pelos smartphones da linha P da marca chinesa.

Um telemóvel com 6GB de memória é apenas um telemóvel com 4GB a um preço superior.

Como é muito raro um smartphone necessitar dos 6GB, essa memória ‘a mais’ são apenas um luxo com a finalidade de tornar o aparelho mais caro, uma vez que o utilizador não irá beneficiar dos 2GB de RAM extra.

Lao Shi citou ainda testes de longa duração que comprovaram uma melhor performance de um smartphone de 4GB e um cartão de 128GB, da própria Huawei (equipado com o processador Kirin 960), face a equipamentos de outras marcas com 6GB de RAM.

Segundo este especialista, é mais importante a otimização do software do que a quantidade de memória oferecida pelo aparelho.

“Os smartphones já conseguem ser muito responsivos com 4 GB de RAM”, acrescentou, num comentário na rede social Weibo, o CEO da Huawei, Richard Yu.

No entanto, basta olhar para o mercado para perceber que os telemóveis com 6GB de memória começam a ser já uma tendência… quando surgem os primeiros com 8GB.

Em 2015, a Huawei também se opôs aos ecrãs 4K, acabando por ‘virar a casaca’ com o desenvolvimento dos equipamentos de realidade virtual.

Estas opiniões surgem poucos dias após o lançamento do P10, o novo smartphone da Huawei com… 4GB de RAM.

1Shares

Em destaque

Subir