Local

Homem morre esmagado em Vale de Cambra

Um homem, de 29 anos, morreu esta sexta-feira, em Vale de Cambra, esmagado por um reservatório enquanto finalizava um trabalho na fábrica Inoxpa.

A trabalhar na fábrica de produção de equipamentos de aço para a indústria alimentar e de laticínios há cerca de seis meses, o homem, de 29 anos, morreu quando estava a terminar o dia de trabalho.

O reservatório estaria pousado no chão quando uma das cintas de segurança rebentou, tendo o depósito caído sobre o homem.

O alerta foi dado pelas 18h08, não havendo outros feridos a registar.

O homem era natural de Castelo de Paiva e estava à espera do primeiro filho, tendo a notícia dada à esposa, grávida de cinco meses, por um psicólogo. Os colegas de trabalho receberam também apoio psicológico.

“Tenho a responsabilidade da Proteção Civil e vim oferecer o apoio da Autarquia naquilo que for possível”, indicou José Pinheiro, o presidente da Câmara de Vale de Cambra, citado pelo Jornal de Notícias.

No local estiveram oito homens, apoiados por quatro viaturas e pela VMER de Aveiro. O óbito foi declarado perto das 19h00.

Mais partilhadas da semana

Subir