Europa

Homem morre aos 103 anos, no dia e na hora em que nascera

A expressão “ironia do destino” assenta que nem uma luva à vida de Jimmy Newell, um homem que morreu no dia em que completou o 103.º aniversário. O britânico morreu ao meio-dia, a hora em que nasceu. Mais: quando partiu, estava de mão dada com o filho, que por sua vez falava ao telefone com o neto de Newell.

A probabilidade de morrer no dia e hora do nascimento é de um para 200 milhões.

Jimmy Newell chegou no mundo a 13 de outubro de 1913, em Leeds Town Hall, ao meio-dia. Orgulhava-se de contar aos amigos todos os detalhes do seu nascimento.

Morreu no passado dia 13 de outubro, também ao meio-dia, numa coincidência impressionante.

Como se não bastasse esta coincidência no calendário, há uma corrente de gerações neste óbito. O velho Jimmy morreu de mãos dadas com o filho, que por sua vez estava ao telefone com o neto do idoso.

O filho, Graham Newell, de 65 anos, disse que ele acredita que foi a determinação do pai que desenhou este destino, no exato momento em que completou 103 anos.

“Ele quis morrer com essa idade, a segurar a minha mão, enquanto eu estava ao telefone com o meu filho. Contei que o meu pai tinha acabado de morrer e nós olhámos para o relógio… Era exatamente meio-dia. Em ponto”, conta Graham, em declarações ao The Mirror.

Graham, que vive em Brighton, revelou que o pai sofreu uma queda, 16 dias antes de morrer. Esteve internado no Torbay Hospital, onde foi submetido a uma intervenção cirúrgica. E foi no hospital que acabou por morrer.

“Ainda aguentou 16 dias… Esta um homem muito determinado. Enquanto pôde, praticava muito desporto… Se não fosse tivesse caído, iria celebrar o 103.º aniversário a Espanha”, revela ainda o filho.

196Shares

Mais partilhadas da semana

Subir