Motores

Henrique Chaves sobe ao pódio no GT Open em Red Bull Ring

Henrique Chaves subiu ao pódio na primeira corrida do fim de semana do International GT Open no circuito austríaco de Red Bull Ring. Uma prova que Miguel Ramos terminou na nona posição.

Para Chaves, que mais uma vez dividiu o McLaren 750S GT3 da Teo Martín Motorsport com o croata Martin Kodric, o fim de semana começou com a garantia da segunda posição da grelha de partida, a somente 35 milésimas da ‘pole position’.

Mas nem tudo seria perfeito para a equipa do carro # 59, já que Kodric não fez um bom arranque e desceu para quinto. Depois recuperou uma posição, na qual entregou o McLaren branco e azul ao piloto de Torres Vedras.

Henrique Chaves procurou recuperar da quarta posição em que assumiu o volante e na 28ª volta já se encontrava no terceiro posto, lançando o ataque ao segundo classificado. Na penúltima volta estava ‘colado’ à traseira dele, mas não conseguiu ultrapassá-lo, já que se defendeu intensamente.

Após a prova o piloto português mostrou-se satisfeito: “O carro está muito bom, rápido e consistente, o que nos permite atacar. O Martin não teve sorte no arranque e levou um toque que o deixou em quinto na primeira volta”.

“Conseguimos recuperar, pude andar num ritmo elevadíssimo e penso que, se tivéssemos chegado a terceiro mais cedo, teria sido possível terminar em segundo. Seja como for, foi um bom resultado, mais um pódio, que será muito importante para as contas do campeonato”, referiu também Henrique Chaves.

Para amanhã o piloto torreense assumirá a responsabilidade de realizar a qualificação e de efetuar o primeiro turno de condução e mostra-se determinado em maximizar o potencial do seu carro, apesar das contrariedades que terá pela frente.

Chaves está otimista: “O McLaren está muito competitivo e temos de aproveitar as suas performances. Vamos dar o máximo na qualificação para assegurarmos um bom lugar na grelha de partida para atacarmos de princípio ao fim durante a corrida, uma vez que temos um handicap de vinte segundos. Não será fácil, uma vez que os nossos adversários são muito fortes, mas vamos lutar para termos mais um bom resultado e marcarmos pontos importantes para o campeonato”.

Mais partilhadas da semana

Subir