Motores

Henrique Chaves sente-se “cada vez mais confortável” no McLaren

Henrique Chaves goza atualmente umas férias, pausa para a sua competição no Campeonato International GT Open, que aproveita para ‘recarregar energias’ e preparar a luta pelo título.

Esta é a primeira temporada do piloto de Torres Vedras nas corridas de Grande Turismo, mas apesar disso tem sido um dos protagonistas da competição, demonstrando rapidez e consistência.

Esta velocidade e ritmo permitiu a Henrique Chaves subir ao pódio quatro vezes, três deles consecutivamente. Para além de uma volta mais rápida e uma primeira linha da grelha de partida. Agora o foco é conseguir resultados tão bons ou melhores na segunda metade da época.

Aos comandos do McLaren 720S GT3 da Teo Martín Motorsport, que divide com o croata Martin Krodic, o piloto português de 23 anos mostra-se motivado para o que resta da temporada. As férias têm sido bem aproveitadas, com um pouco de praia, de campo e de cidade.

“Na praia gosto, mas farto-me facilmente, porque não consigo estar muito tempo parado ao sol sem nada que fazer. Na cidade tenho tudo aquilo que preciso. Tenho ginásio, posso ir ao cinema com a minha namorada e tenho os meus amigos, com quem posso jogar futebol ou ‘paddel’”, refere Henrique Chaves.

Aliás, a preparação física não é descurada: “O plano passa por algumas sessões de corrida ao ar livre, ginásio e também umas ‘peladinhas’ com os amigos, sem abusar para não arriscar qualquer tipo de lesão, e também alguns jogos de ‘paddel’”.

Mas apesar de estar de férias dos pensamentos de Henrique não saem a competição e as pistas. Embora seja importante fazer uma pausa, se pudesse escolher fazia corridas também em pleno verão.

“Acabamos a primeira metade do campeonato na liderança e com bom andamento, pelo que por mim não teria tido férias de verão. Mas também sou aquele tipo de pessoas que, se desviar as atenções das corridas, é capaz de recuperar rapidamente o foco e voltar até mais forte. As férias ajudam a recarregar ‘baterias’, mas não tanto fisicamente, porque o treino está sempre presente, mas mentalmente sim”, preconiza o piloto torreense.

Para a segunda metade da temporada as expetativas de Henrique Chaves são as melhores: “Vou pensar fim de semana a fim de semana e fazer o melhor resultado possível. Com esta mentalidade conseguimos um pódio dupl em Spa-Francorchamps e duas qualificações na primeira fila na Áustria”.

“Se mantivermos este foco vão acontecer coisas boas. A juntar a isto sinto-me cada vez mais confortável ao volante do McLaren 720s GT3. O que se tem notado tanto nas minhas prestações em qualificação como em corrida, tendo alcançado uma volta mais rápida”, salienta o piloto do carro # 59.

Henrique chama ainda a atenção para fatores que poderão influenciar os resultados: “Temos sempre de contar com os ‘handicaps’ do campeonato, o que nos vai dificultar bastante, visto que conquistámos três pódios nas últimas quatro corridas, mas estamos confiantes de que todas as pistas que vamos visitar serão boas para o nosso McLaren, muito embora o BoP dos Lamborghini seja bastante bom”.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir