Desporto

Hélio Sousa confiante numa boa estreia de Portugal no Mundial sub-20

O treinador da seleção portuguesa de futebol de sub-20 mostrou-se confiante para a estreia no Mundial2019, mas advertiu que a tarefa de Portugal não estará facilitada apenas porque esta geração conquistou os Europeus de sub-17 e sub-19.

“O que ganhámos ajudou-nos a crescer, mas isso não nos vai dar nada no sábado. Se vivêssemos só disso, nem tínhamos de aparecer e o jogo estava vencido. Vamos ter de dar tudo para ultrapassar os nossos adversários, que nos vão trazer muitas dificuldades”, afirmou Hélio Sousa, em conferência de imprensa.

O técnico falava na antevisão da partida com a Coreia do Sul, marcada para sábado, em Bielsko-Biala, e que assinala a estreia da ‘equipa das quinas’ no grupo F do Campeonato do Mundo de sub-20, que está a decorrer na Polónia.

“Essas conquistas [dos Europeus de sub-17 e sub-19] não aumentam a nossa responsabilidade. As expectativas foram criadas por nós, por tudo o que este grupo conseguiu ao longo destes anos. Conseguimos um feito único, que foi pouco valorizado. Estes jogadores foram bicampeões europeus”, referiu o antigo futebolista, campeão do mundo de sub-20 pela seleção portuguesa, em 1989, na Arábia Saudita.

Hélio Sousa assegurou que Portugal “aceita as expectativas que estão criadas” em seu redor, mas lembrou as valências dos sul-coreanos, primeiro adversário no torneio.

“São sempre equipas muito organizadas, nunca se deixam estar por baixo no jogo, vão à procura de um resultado positivo. Têm jogadores tecnicamente evoluídos e capazes de criar situações complicadas para nós”, analisou.

O responsável pela seleção de sub-20 assegurou que os jogadores lusos não se consideram “melhores do que ninguém” e que “sabem a exigência que existe” neste tipo de provas.

“Vamos deixar tudo dentro de campo, na procura do máximo, jogo a jogo. Os três jogos da fase de grupos são essenciais para continuarmos a sonhar. Ser primeiro no grupo é muito importante”, disse, antes de abordar as contrariedades por que a seleção passou nos primeiros dias.

O atraso na chegada à Polónia, devido ao mau tempo, bem como a realização de um treino num campo sintético, na quinta-feira, foram desvalorizados por Hélio Sousa: “Temos um excelente grupo de trabalho. O treino teve de ser num sintético, mas não vemos isso como um obstáculo. São coisas que não controlamos. Nunca nos lamentámos pelas adversidades”, observou.

Portugal estreia-se no Grupo F do Campeonato do Mundo de sub-20 no sábado, diante da Coreia do Sul, às 14:30 (hora de Lisboa), num encontro que será dirigido pelo árbitro Abdelkader Zitouni, do Tahiti.

Ainda no Grupo F, a seleção portuguesa defrontará a Argentina, na terça-feira, e a África do Sul, em 31 de maio, sendo que as três partidas da fase de grupos serão disputadas em Bielsko-Biala.

Os dois primeiros classificados de cada um dos seis grupos do Mundial2019 e os quatro melhores terceiros seguem para os oitavos de final.

Mais partilhadas da semana

Subir