Fórmula 1

Hamilton chama ao seu Mercedes “uma obra de arte”

Lewis Hamilton ficou radiante por ter concluído a temporada em que conquistou o seu sexto cetro mundial de Fórmula 1 a vencer, apelidando o seu Mercedes W10 de “obra de arte”.

O britânico dominou por completo o Grande Prémio do Abu Dhabi, disputado este domingo no Circuito de Yas Marina, onde se impôs pela quinta vez.

A confirmar a sua supremacia está o facto de, para além de nunca ter perdido o comando da corrida, nem mesmo quando efetuou a necessária paragem nas boxes para troca de pneus, Hamilton ter cortado a meta com mais de 16 segundos de vantagem sobre Max Verstappen.

“Senti-me um jovem no alto do pódio. Tinha 13 segundos de vantagem sobre Max ao fim de 13 voltas. O nosso ritmo em longos turnos era muito eficaz. A equipa ajudou-me bastante a preservar os pneus”, contou o titular do Mercedes # 44.

Lewis Hamilton não se cansa de elogiar a sua equipa: “Sinto-me contente e extremamente reconhecido à minha equipa e a toda a gente na Mercedes. Eles não param de forçar os limites. O que fez acreditar que terminaríamos a época também fortes na corrida”.

“O campeonato foi bem ganho. Mantemos a cabeça focada no guião, continuar a ver se podíamos ter os meios para melhorarmos, de melhorar este carro incrível. Este Mercedes é uma obra de arte”, remata o britânico, que está agora a apenas um título de igualar o mais bem sucedido piloto da história da F1, Michael Schumacher.

2Shares

Mais partilhadas da semana

Subir