Mundo

Há uma disciplina que ‘ensina a ser feliz’ na Universidade de Yale

A Universidade de Yale, nos Estados Unidos, lançou no passado mês de janeiro uma disciplina que ‘ensina a ser feliz’. Intitulada de Psicologia e Vida Boa, esta nova matéria conta já com um quarto dos alunos de toda a Universidade.

São já mais de 1200 alunos inscritos, o que torna a matéria na mais popular nos três séculos de história da Universidade.

Conhecida como ‘Psyc 157’, esta temática incide fundamentalmente em conceitos da psicologia positiva, uma área científica iniciada em 1998 que estuda a felicidade e o bem-estar.

“O objetivo é que os estudantes aprendam a ciência da felicidade e a ponham em prática”, explicou Laurie Santos, a docente, citada pela BBC.

“Revemos as informações sobre o que realmente faz as pessoas felizes e depois fazemos as chamadas reconexões, pequenos exercícios para criar no cérebro novas conexões ligadas aos nossos hábitos”, esclarece.

Com duas aulas semanais, a disciplina incentiva ainda à produção de textos, leitura teórica e de questionários. Os alunos realizam também dois trabalhos de investigação e, como prova final, devem contar uma história de superação na primeira pessoa.

“Grande parte das aulas concentram-se nos conceitos erróneos que associamos à felicidade e em por que a nossa mente gera esse tipo de pensamento”, refere a docente.

Para Laurie Santos, a enorme adesão por parte dos alunos está relacionada com a necessidade de mudança, sendo que muitos deles, na Universidade, abrem mão de si próprios para se concentrarem nos estudos, o que condiciona a sua saúde mental.

“Aqui eles percebem que não estão tão felizes como poderiam e querem tomar uma atitude para mudar isso”, diz. “Acredito que os estudantes querem ter uma conversa sobre saúde mental”.

Esta nova matéria de estudo surge no âmbito de uma tendência educativa mais abrangente que visa dar resposta às angústias dos estudantes mais novos.

A Universidade de Stamford, recorde-se, deu início a uma matéria de ‘Desenhar a sua vida’, em 2015, onde aconselhava os estudantes a tomarem decisões pessoais e profissionais.

A enorme afluência nas incrições criou problemas à Universidade, obrigado a refazer horários e distribuições de salas. De forma a minimizar essas situações, a matéria ficará disponível livremente online.

Em destaque

Subir