Nas Notícias

“Há 45 anos que vejo jogos do Benfica e não espero deixar de os ver”, avisa Centeno

Mário Centeno justificou a polémica por causa do pedido de bilhetes para a tribuna presidencial do Estádio da Luz, em abril passado, com a natureza do cargo que ocupa e razões de “segurança”. O futuro presidente do Eurogrupo, e atual ministro das Finanças português, lembra ainda que assiste a jogos do Benfica “há 45 anos” e espera continuar a fazê-lo.

“Não há polémica rigorosamente nenhuma. Há um cumprimento escrupuloso do código de conduta a que todos os membros estão obrigados”, afirmou Mário Centeno, em declarações na sede da Comissão Europeia, citadas pela Lusa, sobre o pedido de bilhetes para assistir ao Benfica diante do FC Porto, a 1 de abril de 2017.

Centeno disse ainda que esta “é uma questão que é relevante esclarecer” e lembra o comunicado do ministério das Finanças, conhecidos nesta segunda-feira.

“Há questões de segurança que são muito relevantes para todos os membros do Governo, elas são avaliadas com o corpo de segurança pessoal, e foi apenas esse o contexto que levou a essa decisão, nada mais do que isso.”

Questionado se no futuro voltará a pedir bilhetes para ver jogos na tribunal presidencial da Luz, Mário Centeno foi claro.

“Há, e como eu lhe disse, as questões de segurança que acabei de referir que são determinantes nas nossas tomadas de posições, mas também posso dizer que há 45 anos que vejo jogos do Benfica e não espero deixar de os ver nos próximos tempos.”

Mais partilhadas da semana

Subir