Motores

Group 1 de regresso no Estoril Classics

Nem só de Fórmula 1 ou Sports Car vai ‘viver’ o Estoril Classics. Também os interessantes Turismo do Group 1 vão animar o Autódromo no próximo fim de semana.

É o regresso à pista portuguesa dos arredores de Lisboa de uma competição que passou ontem por circuitos como Pau (França) e Jarama (Espanha).

A competição criada em 2012 para automóveis clássicos com especificações Grupo 1 Pré-1981, surgiu para recriar as provas do final da década de 1970 e colmatar o desejo das equipas que necessitavam de competir numa série com custos de participação controlados. O conceito ‘Club Racing’ inglês.

Atualmente no nosso país e noutros como Inglaterra ou França, as corridas de Gruop 1 têm proporcionado provas extremamente competitivas e com grelhas sempre a crescer de número, tal qual o valor dos carros desta categoria, pois existem cada vez mais interessados em toda a Europa a participarem nestas competições.

Para quem está menos versado nesta categoria, o destaque vai para o formato, duas corridas sprint de 20 minutos ou duas corridas de resistência, com os custos e os carros a poderem ser partilhados por mais de um piloto.

A Production Cup agrupa carros famosos como os Datsun 1200, onde o jovem Tomás Pinto Abreu é o líder enquanto nos H81-1600 comanda Miguel Ribeiro com o seu Alfa Romeo Giulia.

Na disputada categoria H81-1600, onde ‘reinam’ os Volkswagen Golf GTi comandam Rafael Cerveira Pinto e Luís Pedro Liberal. Já na competitiva H81-2000 lideram Carlos Dias Pedro e Ricardo Pereira em Ford Escort RS 2000, com Hugo Nazário e Rui Carvalho surgirem como opositores nos Porsche 924.

André Castro Pinheiro e o seu poderoso Jaguar XJS V12 têm dominado a categoria H81 Max.

0Shares

Em destaque

Subir