Motores

“Grande vitória num dia em que mostramos toda a raça” afirma Félix da Costa

António Félix da Costa não cabia em si após o seu terceiro triunfo no Campeonato FIA de Fórmula E. Um êxito que começou a construir desde os treinos e depois prosseguiu na qualificação e na corrida de Marraquexe.

Desta vez não houve consumo de energia ou temperatura de baterias que parasse o piloto português, que largando da ‘pole-position’ não deu hipóteses a ninguém, nem mesmo a um Max Gunther que valorizou a sua vitória em solo marroquino.

De facto a oposição do germânico da BMW a Félix da Costa na primeira parte da prova, foi a fase mais complicada da prova, ainda que depois conseguisse deixar o seu adversário para trás e ‘entretido’ a defender a segunda posição dos ataques de Jean-Eric Vergne.

“Que grande dia. Grande vitória num dia em que mostramos toda a nossa raça, tanto em rapidez como em gestão de energia e estratégia de corrida”, declarou o piloto de Cascais após o final da prova.

António diz que mesmo quando Gunther esteve ‘por cima’ na prova nunca deixou de acreditar: “Senti-me sempre muito confortável, e quando ‘caí’ para segundo sabia que podia vencer, pois com isso ganhei energia ao Max, e depois quando o passei consegui ir embora e vencer”.

“Um dia muito bom para toda a equipa, que está de parabéns. Todos têm trabalhado intensamente na fábrica em Paris, e esta vitória é o resultado disso. Passei para a liderança do campeonato e estamos na liderança do campeonato e estamos no caminho certo. Vamos continuar a trabalhar na máxima força para as próximas corridas”, rematou o piloto português de 28 anos.

0Shares

Em destaque

Subir