Mundo

Governo português “condena e repudia” ataque em França

O Governo Português reagiu ao fim da tarde desta sexta-feira ao ataque terrorista ocorrido em França, no qual morreu um jovem português, de 27 anos.

Através de um comunicado, o Governo declara que “repudia e condena de forma veemente o ataque terrorista” ocorrido esta sexta-feira, no sul de França, que resultou em quatro mortes confirmadas – entre as quais a do próprio terrorista e de um jovem português, de 27 anos, natural de Coimbra.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros afirmou, em comunicado, que “lamenta profundamente a perda de vidas humanas e inocentes e apresenta as suas condolências às famílias das vítimas, bem como faz votos de uma rápida recuperação aos feridos, reiterando a sua solidariedade para com o povo francês”.

A situação está a ser acompanhada atentamente pela Embaixada e pelos consulados portugueses no país, numa onda de solidariedade que sublinha a “importância de reforçar a cooperação na forma de prevenir e combater o terrorismo”.

“O Governo Português mantém e reforça o seu apoio à República Francesa na luta contra o terrorismo sob todas as suas formas, apoiando a prossecução das necessárias ações, em diferentes níveis (internacional, europeu e bilateral), de prevenção e repressão de actos terroristas, na defesa da liberdade e da tolerância, valores que fundam as nossas sociedades”, pode ler-se.

O atentado desta sexta-feira provocou a morte a quatro pessoas – entre elas o atirador e um jovem português – e ferimentos em três pessoas, dos quais um polícia, em estado grave.

Mais partilhadas da semana

Subir