Nas Notícias

Governo considera que já cumpriu 81 por cento das medidas do seu programa

O Governo considera que, a três meses do final da legislatura, já cumpriu 81 por cento das medidas inscritas no seu programa e sustenta que estão em curso 10 por cento das 19 por cento de medidas ainda por concluir.

Este balanço de atividade consta de uma nota divulgada pela Secretaria de Estado dos Assuntos Parlamentares em referência a um ‘site’ hoje lançado pelo Governo www.prestarcontas.gov.pt.

“Num exercício de transparência, pretende-se mostrar o resultado de todas as áreas de governação permitindo que os cidadãos possam avaliar o trabalho desenvolvido nos últimos quatro anos. A três meses do fim da Legislatura, 81 por cento das 1086 medidas inscritas no Programa do Governo foram concretizadas. Daquelas que estão por concluir (19 por cento), 10 por cento já estão em curso”, lê-se na nota da Secretaria de Estado dos Assuntos Parlamentares.

Em relação ao teor do novo site, o Governo destaca os capítulos da “Prioridade às pessoas” e “Valorizar o nosso território”, apontando que estas áreas apresentam taxas de execução na ordem dos 90 por cento.

Acima da média em termos de cumprimento, segundo o executivo, situam-se igualmente os capítulos “Virar a página da austeridade” com 85 por cento, “Convergência com a Europa”) e “Mais coesão, menos desigualdades” “ambos com 82 por cento de medidas cumpridas”.

“Seguem-se os capítulos “Um Estado forte, inteligente e moderno” com 79 por cento, “Um Portugal Global” com 74 por cento e “Prioridade à inovação” com 70 por cento”, acrescenta-se na mesma nota.

No que respeita aos eixos de governação, ainda de acordo com o executivo, “observa-se que os níveis de execução são também significativos: “Mais Crescimento” com 78 por cento, “Melhor Emprego” com 82 por cento e “Maior Igualdade” com 83 por cento”.

“O novo site dá ainda a conhecer as principais medidas e os resultados centrais da Legislatura por área da governação”, acrescenta-se.

O primeiro-ministro, António Costa, abre hoje, ao início da tarde, na Assembleia da República, o último debate da legislatura sobre o estado da nação, que terá uma duração de cerca de quatro horas.

Mais partilhadas da semana

Subir