Desporto

Gomes da Silva nota “pequenez” e “medo” portista na visita a loja do Benfica no norte

A visita de um grupo de adeptos com as cores do FC Porto a uma loja do Benfica, que abriu recentemente em Matosinhos, mereceu comentários de Rui Gomes da Silva. O antigo vice-presidente do Benfica foi duro na resposta aos azuis e brancos e nota “pequenez” e “medo” portista que se perceba a “dimensão” do clube da Luz na Invicta.

‘invasão’ de um grupo de adeptos do FC Porto a uma loja do Benfica, em Matosinhos, mereceu uma crítica ‘feroz’ de Rui Gomes da Silva, que nota que a abertura da loja benfiquista ” incomodou alguma gente!”.

“Quem? Os que – dizem – andando a passear ‘invadiram’ o loja do Benfica no Mar Shopping.”

Naquilo que Gomes da Silva vê como um “pequeno passo para o Benfica” mas um “passo gigantesco para os benfiquistas do norte”, o antigo dirigente nota “medo” do lado dos portistas em “ver demonstrada a sua pequenez”.

“Os que tendo medo de ver demonstrada a sua pequenez, não querem comparações com quem é – de facto – muito grande! Os que, tendo medo que se saiba os números de quem é do Benfica … “na cidade e à sua roda”, escreve no blogue Nova Geração Benfica.

Gomes da Silva vai mais longe e atira: “Não querem permitir que, no Porto, se possa ser do Benfica!”

“Quererem ser únicos num espaço … com medo que se lhes descubra a verdadeira dimensão! Sozinhos serão sempre grandes! Quando comparados, reduzem-se à sua verdadeira dimensão!”.

No final de semana, a presença de um grupo de elementos dos Super Dragões, onde estava Fernando Madureira, junto à loja do Benfica em Matosinhos motivou uma intervenção policial naquele espaço comercial.

Recorde as imagens.


Mais partilhadas da semana

Subir