Nas Notícias

GNR de Braga apreendeu 14 automóveis, 300 mil euros e cinco quilos de ouro

A GNR anunciou hoje a apreensão de 14 automóveis, cerca de 300 mil euros e cinco quilos de ouro, no âmbito de uma investigação por furtos em residências e veículos nos distritos de Braga, Porto e Viana do Castelo.

Em comunicado, a GNR confirmou ainda que a operação resultou na detenção de oito homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 27 e os 48 anos.

Um advogado do processo disse à Lusa que um dos detidos é um agente da PSP de Ponte de Lima e que um dos furtos teve como alvo a residência do cantor popular Delfim Júnior, de Arcos de Valdevez.

No comunicado hoje emitido, a GNR refere que, no âmbito da investigação, desenvolvida pelo Núcleo de Investigação Criminal de Braga, apurou que os suspeitos “vigiavam as vítimas, recolhendo informações dos seus hábitos quotidianos”.

Entre domingo e segunda-feira, foram realizadas 22 buscas domiciliárias e 15 não domiciliárias, incluindo a viaturas e a uma embarcação.

A operação resultou ainda na apreensão de oito motociclos, seis bicicletas, joias e relógios “de elevado valor”, duas armas de fogo, uma réplica de revólver, munições e aerossóis, telemóveis, computadores portáteis, televisões, quadros de arte, eletrodomésticos, dispositivos de comunicação móveis, localizadores GPS e inibidores de frequências.

A operação foi realizada em colaboração com a Polícia Judiciária e a PSP.

A GNR mobilizou 175 elementos, entre os quais efetivos do Grupo de Intervenção de Operações Especiais e do Destacamento de Intervenção do Porto.

Os suspeitos começaram na segunda-feira a ser ouvidos no Tribunal de Braga, em primeiro interrogatório judicial, diligência que prossegue ao longo do dia de hoje.

No final, serão conhecidas as medidas de coação.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir