Fórmula 1

George Russell o mais veloz no segundo dia de testes no Bahrain

Depois de na primeira jornada Max Verstappen e a Red Bull terem ‘ditado as leis’, o segundo dia de testes de F1 no Bahrain tiveram outro protagonista principal; George Russell, que no Mercedes W10 mostrou que se tiver um monolugar competitivo nas mãos pode fazer um trabalho tão bom como os titulares da equipa campeã do Mundo.

O jovem britânico da Williams efetuou uma volta em 1m29,029s, batendo por 0,070s Sergio Perez, que esteve aos comandos do Racing Point.

No total Russell completou 101 voltas, tendo realizado o seu melhor registo com os mais macios pneus Pirelli C5 montados no seu Mercedes, igualando a quilometragem de Sebastian Vettel no Ferrari, autor do terceiro melhor tempo, mas com pneus C3 no seu SF90. No total o germânico completou 103 voltas.

Carlos Sainz Jr foi o quarto mais rápido no McLaren MCL34, que mais uma vez teve de dividir com Lando Norris. Mas o espanhol perfez somente 21 voltas, usando também os Pirelli C3 (amarelos), enquanto o jovem britânico realizou 72 com os C2 e realizou o 11º registo.

Mick Schumacher tripulou o Alfa Romeo e acabou com o quinto tempo, completando 70 voltas e usando a mistura mais macia da Pirelli, terminando à frente de Alex Albon, que no Toro Rosso foi o piloto mais assíduo em pista, totalizando 143 voltas. O tailandês antecedeu na tabela de tempos Daniel Ticktum, a quem a Red Bull deu a oportunidade de rodar neste segundo dia. O britânico perfez 135 voltas com pneus C4 montados no RB18.

Também a Haas permitiu a Pietro Fittipaldi rodar com o VF-18, ainda que o brasileiro tenha feito apenas 48 voltas, já que teve de dividir o monolugar norte-americano com Romain Grosjean. Outro novato nesta jornada foi Jack Atiken, que se estreou no Renault R.S.19, completando 103 voltas, contra as 100 de outro ‘rookie’, Nicholas Latifi, que no Williams foi o mais lento em pista.

6Shares

Mais partilhadas da semana

Subir