Economia

Ganhos da Mota-Engil apoiam subida de 1% do PSI20

O principal índice da bolsa de Lisboa (PSI20) encerrou a sessão de hoje a avançar 1,02 por cento para 5.238,54 pontos, com a Mota-Engil a subir quase 6 por cento.

No final da sessão, 16 das 18 cotadas do PSI20 ficaram em terreno positivo e duas recuaram. A Mota-Engil liderou os ganhos e somou 5,96 por cento para 2,13 euros, no dia em que apresentou resultados.

O lucro da Mota-Engil atingiu 24 milhões de euros em 2018, depois de um resultado líquido de dois milhões no ano anterior, segundo os dados comunicados pela empresa à Comissão do Mercados de Valores Mobiliários (CMVM).

Ainda nas subidas, a Jerónimo Martins registou uma valorização de 2,11 por cento para 13,53 euros, a Corticeira Amorim somou 1,79 por cento para 10,26 euros, a Altri avançou 1,67 por cento para 7,30 euros e os CTT ganharam 1,66 por cento para 2,82 euros.

O BCP subiu 1,04 por cento para 0,24 euros, a REN somou 0,92 por cento para 2,63 euros, a EDP Renováveis ganhou 0,60 por cento para 8,32 euros, a Galp progrediu 0,55 por cento para 14,51 euros e a EDP avançou 0,34 por cento para 3,24 euros.

Nas descidas, a Pharol baixou 0,52 por cento para 0,19 euros, depois de ter anunciado que em 2018 o seu prejuízo caiu para 5,6 milhões de euros, depois dos 806,5 milhões de euros que perdeu em 2017.

A outra cotada que terminou no ‘vermelho’ foi a Semapa, que cedeu 0,13 por cento para 15,32 euros.

As principais bolsas europeias terminaram com subidas que oscilaram entre os 0,75 por cento de Frankfurt e os 0,45 por cento de Londres, mas Madrid contrariou esta tendência e fechou a cair 0,11 por cento.

Mais partilhadas da semana

Subir