EUA

Fundou negócio aos 4 anos e agora, com 13, é uma empresária de sucesso

Mikaila Umer inspirou-se numa receita deixada pela bisavó para abrir um negócio quando tinha apenas 4 anos. Agora, com 13, tem as suas limonadas à venda em mais de 500 lojas dos Estados Unidos.

“Às vezes, tenho que faltar às aulas para dar uma entrevista, viajar ou participar num programa de televisão. Outras vezes, perco algumas coisas porque tinha uma prova ou uma projeto na escola”.

As palavras, à BBC, são de Mikaila Umer, uma jovem de 13 anos que vive no dilema de ser uma empresária de sucesso ou continuar a ter apenas ‘suficiente’ nos exames da escola, especialmente a matemática.

A jovem é uma das maiores empresárias mais novas nos Estados Unidos, com a venda de 360 mil garrafas por ano em lojas consideradas de luxo.

A história de Makaila tem início em 2009 quando, então com 4 anos de idade, decidiu montar uma mesa em frente à sua casa, em Austin, no Texas. As limonadas são inspiradas numa receita deixada pela bisavó, na década de 1940, e contam com um condimento especial: mel.

Na sua tenra idade, esta jovem empresária foi picada duas vezes por abelhas, o que a levou a estudá-las para as perceber melhor e, por conseguinte, retirar o melhor rendimento para o seu negócio.

Com a ajuda dos pais, decidiu doar parte das receitas para organizações que protegem abelhas que produzem mel.

Aos poucos, passou duma pequena mesa para uma pizzaria local. Atualmente, está em mais de 500 lojas dos Estados Unidos, mas continua a doar 10 por cento do lucro a grupos de conservação ambiental.

“No início era só eu, a espremer limonada na minha barraca, mas então os meus pais desenharam os adesivos para os copos. (…) À medida que o negócio foi crescendo tive que dizer: ‘não consigo fazer isto sozinha’ e foi então que pedi ajuda aos meus pais. ‘Mãe, pai, como faço uma logomarca? Como encontro uma fábrica? Onde há mais lojas?”.

A equipa – formada por Makaila e a família – conheceu o ponto alto em 2015, quando assinou contrato com uma cadeia de supermercados.

“A empresa tinha um produto único, bom, e uma fundadora entusiasmada e uma missão social. Ficamos imediatamente impressionados com a Mikaila”, conta a gerente da marca.

De 2015 até então, o negócio de Mikaila não parou de crescer.

Através do programa ‘Shark Tank’ arranjou um investimento ligeiramente superior a 50 mil euros. Mais tarde, um consórcio de jogadores de futebol americano investiu cerca de 680 mil euros.

A ascenção de Mikaila e da ‘Me & The Bees’, o nome da limonada, levaram-na a ser elogiada por Barack Obama, enquanto presidente dos Estados Unidos da América.

Agora, a jovem empreendedora deseja abrir mais negócios, mas também concentrar-se nos estudos.

“Quero abrir novas empresas. Para mim, ter só uma é ‘chato’. (…) Estou ansiosa por começar o colégio, estou animada para fazer novos amigos e não ter que usar uniforme”, atirou.

Mais partilhadas da semana

Subir