Nas Notícias

Fundação Champalimaud trata doentes oncológicos dos hospitais do SNS

Fundação Champalimaud estabelece protocolo com hospitais, que permitirá aos doentes oncológicos do Serviço Nacional de Saúde ter consultas no novo centro privado.

Graças a uma parceria estabelecida entre o Ministério da Saúde e a Fundação Champalimaud, os doentes oncológicos dos hospitais do SNS terão consultas no novo centro privado para tratamento de cancro, a partir de junho.

Precisamente neste mês, a Fundação Champalimaud abre as portas a uma nova unidade de investigação e tratamento oncológicos, localizada em Lisboa.

A presidente da Fundação não teme que os acordos possam ser revogados, uma vez que o atual governo está em gestão. “Compromissos serão para honrar, disse Leonor Beleza, antiga ministra da Saúde.

A nova infraestrutura fornecerá mais equipamentos e recursos, que passarão a estar disponíveis para utentes do setor público. No entanto, não se trata de uma transferência direta: com autorização do Ministério da Saúde, cada hospital terá de fazer um protocolo com a Fundação.

Este acordo acarreta benefícios para os doentes oncológicos, a quem serão facultados meios de tratamento e ensaio clínico.

Cinquenta médicos vão exercer no novo centro da Fundação Champalimaud, que irá promover avanços, também, na prevenção. Há garantias de que o SNS não será prejudicado, com uma transferência de profissionais de saúde para a Fundação.

No que diz respeito ao tratamento, a nova unidade vai aprofundar conhecimento na quimioterapia e radioterapia.

Em destaque

Subir