Nas Notícias

Froome declarado vencedor da Vuelta de 2011 após desclassificação de Cobo

O britânico Chris Froome foi hoje oficialmente declarado vencedor da edição de 2011 da Volta a Espanha em bicicleta, que terminou no segundo lugar, na sequência da desclassificação do espanhol Juan José Cobo, por doping.

A União Ciclista Internacional (UCI) oficializou a conquista de Froome, que soma sete conquistas entre as ‘Grandes’ voltas, com quatro vitórias no Tour, duas na Vuelta e uma no Giro.

O triunfo do britânico já tinha sido anunciado em junho último, mas o organismo que rege o ciclismo mundial aguardou até ao fim do prazo de um possível recurso de Cobo, vencedor da etapa da Volta a Portugal de 2008 que terminou na Senhora da Graça.

Em 13 de junho, o espanhol foi considerado culpado de “violar o regulamento antidopagem (uso de substância proibida), com resultados anormais no seu passaporte biológico, entre 2009 e 2011”.

“Melhor tarde do que nunca! A Vuelta de 2011 traz-me memórias únicas”, escreveu Froome, na rede social Twitter, como legenda de uma fotografia no pódio espanhol, com a camisola vermelha da liderança.

Já a equipa INEOS, de Froome, “saudou a decisão da UCI”, considerando-a “uma notícia particularmente positiva para Froome, após a sua recente queda [num treino], que o afastou da Volta a França”.

Cobo, de 38 anos, enfrenta uma suspensão de três anos, até 12 de junho de 2022.

Mais partilhadas da semana

Subir