Fórmula 1

Fórmula 1: Mercedes e Pirelli vão ser ouvidas pela Federação Internacional

F1pirelliMercedesCasox210F1pirelliMercedesCasoA Federação Internacional do Automóvel (FIA) lançou uma investigação ao teste que a Mercedes terá efetuado com a Pirelli em Barcelona antes do Grande Prémio do Mónaco. Isto depois da Ferrari e da Red Bull terem apresentado um protesto pelo facto do ensaio – realizado entre 15 e 17 de Maio – ter sido feito à margem do regulamento.

Se é verdade que a Pirelli solicitou à FIA a autorização para realizar testes tendentes a resolver os problemas com que o construtor italiano se tem deparado com os seus mais recentes pneus, a verdade é que a entidade federativa exigiu que tais ensaios fossem efetuados apenas por ‘staff’ do construtor italiano e com pilotos que não competem no Campeonato do Mundo de F1.

O que pareceu ter acontecido é que a Pirelli conduziu os ensaios não apenas utilizando os Mercedes deste ano mas também os seus pilotos, Nico Rosberg e Lewis Hamilton. O construtor italiano ainda se defende dizendo que os dados recolhidos nunca foram passados para a equipa de Brackley, mas a verdade é tudo foi feito com a colaboração do ‘staff’ da Mercedes GP.

Por sua vez a marca de Estugarda diz que terá muito prazer em explicar à FIA o que se passou, de modo a que não haja quaisquer dúvidas à cerca da integridade da sua conduta e em que moldes participou nos testes com a Pirelli,

Ao mesmo tempo que anunciou as suas iniciativas, a Federação Internacional do Automóvel fez saber que não haverá qualquer investigação ao teste realizado pela Ferrari a 23 e 24 de Abril em Barcelona, já que a ‘Scuderia’ de Maranello conduziu tais ensaios com um monolugar de 2011, o que é autorizado pelo regulamento.

0Shares

Em destaque

Subir