Fórmula 1

Fórmula 1: Caterham processada por ex-elementos da equipa

CaterhamProcesso114CaterhamProcesso114 600Depois da Tony Fernandes ter vendido a Caterham a um consórcio composto por inevstidires suíços e do médio oriente, os novos proprietários têm efetuado vários cortes orçamentais com 40 membros da equipa a serem dispensados antes do Grande Prémio da Alemanha de Fórmula 1.

Só que as rescisões não obedeceram às leis laborais do Reino Unido e agora a Caterham enfrenta um processo judicial, para além de uma possível investigação da FIA, solicitada por ex-funcionários da equipa.

“Um conjunto de elementos dispensados pela Caterham foram despedidos em aviso ou consulta, e como resultado vão exigir uma significativa compensação por parte da equipa”, anunciou Christopher Felton, advogado dos funcionários dispensados.

Christijan Albers, o recém-nomeado diretor da Caterham, recusou comentar o assunto, mas diz que está satisfeito com a direção a equipa está a seguir: “Gostaria de dizer que estou bastante contente e confiante na nova estrutura da equipam, com John Iley como diretor técnico, Keith Barclay como líder de desenvolvimento e Miotrag Kotur como ‘team manager”.

Em destaque

Subir