Europa

Fim de Conchita Wurst para breve

Conchita Wurst, alterego do austríaco Thomas Neuwirth e ícone na comunidade LGBT, foi a grande vencedora do festival da Eurovisão em 2014. No entanto, o fim da personagem já está anunciado. Foi o próprio Neuwirth que anunciou o fim de Conchita, que se tem apresentado como a “mulher barbuda” nos últimos anos. “Já não preciso dela”, diz Thomas.

O jornal alemão ‘Die Welt’ entrevistou recentemente o austríaco de 28 anos, revelando que a personagem já ultrapassou o tempo de vida que era suposto: “Já não preciso dela. Tenho de a matar”, afirmou.

O alterego do austríaco gerou uma polémica após ter ganho a Eurovisão com o tema ‘Rise like a Phoenix’, uma vez que os mais conservadores não gostaram da ideia de um homem com barba vestido de mulher tenha sido o grande vencedor. Só em 1998 aconteceu uma situação idêntica, com a cantora transexual israelita, Dana, a vencer o concurso.

Após a vitória, Conchita foi a líder de várias campanhas pela tolerância e não discriminação sexual, chegando a ser recebida na ONU e no Parlamento Europeu.

Thomas Neuwirth não fixou ainda uma data para o desaparecimento de Conchita. Antes deverá lançar um segundo álbum em nome do alterego, admitindo que “com a senhora de barba” atingiu todos os seus objetivos desde a Eurovisão.

Mais partilhadas da semana

Subir