Motores

Filipe Albuquerque satisfeito com a sua prestação no Canadá

Filipe Albuquerque mostra-se “contente” com o seu desempenho na prova do IMSA Sportscar em Mosport, apesar de ter perdido a liderança do campeonato.

O piloto português, que dividiu o Cadillac DPi # 5 com Christian Fittipaldi devido à lesão num pulso de João Barbosa, foi apenas quarto na pista canadiana, mas contribuiu decisivamente para a recuperação que a dupla foi obrigada a dupla luso-brasileira, que largou apenas da 11ª posição da grelha de partida.

A estratégia da Action Express, tal como o ritmo imposto pelos pilotos, foi responsável também pelo desfecho da corrida, sendo isso que Albuquerque mais valoriza, mais do que passar a ocupar a segunda posição no campeonato.

“Estou muito contente com o meu trabalho e com a corrida que fiz. Foi perfeita, não cometi um único erro e fiz tudo o que estava ao meu alcance com as condições que tinha. Infelizmente não tínhamos velocidade de ponta que nos permitisse ter vantagem nas retas”, considerou o piloto de Coimbra.

“A equipa fez um excelente trabalho ao nível da estratégia e conseguimos ganhar posições jogando com isso. Termino a prova com o sentimento de dever cumprido. Perdemos a liderança do Campeonato por apenas um ponto, mas ainda há muito campeonato. Nada está perdido e continuamos na luta como se pôde comprovar hoje”, rematou Filipe Albuquerque, que volta à ação já no próximo fim-de-semana, em Road America, onde prossegue o IMSA Sportscar.

Mais partilhadas da semana

Subir