Motores

Filipe Albuquerque parte de segundo para as 4 Horas de Spa-Francorchamps

Filipe Albuquerque esteve em grande plano na qualificação para as 4 Horas de Spa-Francorchamps, prova do European Le Mans Series que domingo se disputa no famoso circuito belga.

O piloto português, que volta a dividir o Ligier JSP217 # 22 da United Autosports com o norte-american Phil Hanson, só foi batido por Jean-Eric Vergne, no Oreca 07 Gibson # 26 da G-Drive Racing.

Vergne – campeão em título da Fórmula E – efetuou uma volta ao traçado das Ardenas em 2m00,937s. O francês, que partilha o Oreca # 26 com Andrea Pizzitola e Roman Rusinov, superou Albuquerque por somente 0,177s.

Este desempenho do piloto de Coimbra num dos circuitos mais icónicos do mundo deixa antever uma prova muito interessante para domingo, ainda que a sua melhor marca tenha sido conseguida também na sua derradeira volta lançada.  A mudança para dos pneus Dunlop para os Michelin também produziu os seus resultados.

“Sabíamos que está mudança seria para melhor mas não contávamos que fosse de forma tão imediata. Foi por isso uma boa surpresa e ao mesmo tempo uma grande satisfação. Finalmente sentimos que estamos em condições de lutar de igual para igual. Estamos no bom caminho para fazer um bom resultado. Se bem que as previsões do tempo indicam chuva forte e isso pode comprometer a corrida. Mas independentemente do que venha a acontecer queremos estar na discussão da vitória”, explicou Filipe Albuquerque.

Nelson Panciatici conseguiu melhorar o seu tempo, mas não conseguiu ‘roubar’ o segundo lugar da grelha a Filipe Albuquerque, colocando o Oreca da Duqueine Engineering no terceiro lugar do ‘grid’, dividindo a segunda linha com o Oreca da IDEC Sport, depois de Paul-Loup Chatin ter logrado o quarto registo, à frente de Gustavo Menezes, no Oreca da APR Rebellion Racing.

Mais partilhadas da semana

Subir