Motores

Filipe Albuquerque e João Barbosa no pódio das 12 Horas de Sebring

Filipe Albuquerque e João Barbosa subiram ao pódio das 12 Horas de Sebring, segunda prova do campeonato IMSA, ao terminarem na terceira posição a corrida realizada hoje no traçado da Florida.

Depois de largarem da quarta posição, os dois pilotos portugueses – que dividiram o Cadillac DPi # 5 da Action Express Racing com o neozelandês Brendon Hartley – chegaram rapidamente ao top três, chegando por várias vezes a comandar a prova, marcada inicialmente pela chuva.

O ciclo de paragens nas boxes fez com que várias vezes Albuquerque e Barbosa trocassem várias vezes a liderança com o outro Cadillac DPi da Action Express Racing, o # 31 e com o # 10 da Wayne Taylor Racing, que viriam a terminar à sua frente.

Vários incidentes fizeram com que o ‘safety car’ entrasse em pista e reagrupasse o pelotão a menos de 10 minutos do final, fazendo com que Felipe Nasr tivesse de se empenhar para se manter à frente de Jordan Taylor, enquanto mais atrás Filipe Albuquerque perdeu algum tempo na dobragem aos vários concorrentes das duas categorias de GT.

Juntamente com Pipo Derani e Eric Curran Felipe Nasr acabaria por vencer diante Jordan Taylor, Renger Van der Zande e Mathieu Vaxiviére, com Filipe Albuquerque, João Barbosa e Brendon Hartley a assegurarem a terceira posição.

Mais uma vez os Acura ARX-05 não conseguiram confirmar o favoritismo que traziam da qualificação e Ricky Taylor, Hélio Castroneves e Alexander Rossi tiveram de se contentar com a quarta posição final, diante do Nissan DPI de Colin Braun, Jonathan Benett e Romain Dumas.

Tal como sucedeu nas 1000 Milhas de Sebring com os GTE Pro, o triunfo nos GTLM foi para a Porsche, por intermédio de Nick Tandy, Patrick Pillet e Fred Makowiecki no # 911, que baterem Joey Hand, Dirk Muller e Sebastien Bourdais no Ford GT # 66, pertencendo a terceira posição a Antonio Garcia, Jan Magnussen e Mike Rockenfeller.

Nos GTD o triunfo ‘sorriu’ ao Lamborghini Huracan da Gasser tripulado por Mirko Bortolotti, Rick Breukers e Rolf Einechen.

Classificação final

1º Nasr/Curran/Derani (Cadillac) 340 voltas

2º Van der Zande/J.Taylor/Vaxiviére (Cadillac) + 1,030s

3º Barbosa/Hartley/Albuquerque (Cadillac) + 4,023s

4º R.Taylor/Castroneves/Rossi (Acura) 11,331s

5º Dumas/Benet/Braun (Nissan) + 1 volta

6º Bomarito/Tincknell/Pla (Mazda) + 2 voltas

7º Goikhberg/Vautier/Piedrahita (Cadillac) + 2 voltas

8º Trummer/Simpson/Miller (Cadillac) + 3 voltas

9º Cameron/Montoya/Pagenaud (Acura) + 9 voltas

10º Pilet/Tandy/Makowiecki (Porsche) + 18 voltas

Mais partilhadas da semana

Subir