Motores

Filipe Albuquerque e João Barbosa infelizes em Mid-Ohio

Filipe Albuquerque e João Barbosa não foram felizes na quarta prova do Campeonato IMSA Sportscar que teve como palco o traçado de Mid-Ohio.

Depois de terem garantido o quinto lugar da grelha de partida na qualificação, a dupla portuguesa do Cadillac DPi # 5 da Action Express Racing conseguiu rodar nessa posição na parte inicial da corrida de 2h40m, apesar de um incidente inicial onde o protótipo cinza escuro ainda sofreu um toque.

Ciente da desvantagem face aos seus adversários devido ao sistema de equilíbrio de desempenho (BoP), a equipa procurou adotar uma estratégia que acabou por não resultar, vindo Albuquerque – que concluiu a prova – e Barbosa a terminar na oitava posição a uma volta dos vencedores, Dan Cameron e Juan Pablo Montoya, no Acura ARX DPi # 6 do Team Penske.

Acresce a isto uma hipotética situação de bandeiras amarelas que não se concretizou mas que levou Filipe Albuquerque rumar às boxes quando a corrida não foi neutralizada. “O carro que estava parado na pista acabou por voltar à corrida e as bandeiras amarelas não apareceram. A equipa também não estava preparada para essa entrada repentina e acabámos por perder muito tempo nessa paragem e claro todas as hipóteses de conseguir um bom resultado”, explicou o piloto de Coimbra.

Albuquerque admite que as opções não foram as melhores nesta quarta ronda e agora há que pensar já na próxima prova do IMSA, que tem lugar no traçado citadino de Detroit a 1 de junho: “A realidade é que arriscámos muito e acabámos por perder. Se tivesse funcionado teríamos recuperado algumas posições. Mas, teve o efeito contrário e temos de saber aceitar os nossos erros. Agora é seguir em frente e pensar na próxima corrida e no trabalho que temos de fazer para que tudo corra melhor”.

7Shares

Mais partilhadas da semana

Subir