Internacional

Filhos ‘de’ Michael Jackson são na verdade de um dador, denuncia a ex-mulher

Prince e Paris Jackson, alegados filhos de Michael Jackson, foram na verdade gerados por inseminação artificial com o esperma de um dador, revelou Debbie Rowe, a ex-mulher do ‘Rei da Pop’.

“Eles engravidaram-me”, garantiu Debbie Rowe, em entrevista ao The Sun.

“É como se eu tivesse impregnado as minhas éguas para se reproduzirem. Foi muito técnico. Eu era o seu ‘puro sangue'”, reforçou a mulher que, entre 1996 e 1999, esteve casada com Michael Jackson.

As declarações da antiga enfermeira foram proferidas após a polémica estreia de ‘Leaving Neverland’, o documentário que denuncia os alegados escândalos sexuais de Michael Jackson no rancho ‘Neverland’, na Califórnia (EUA).

No documentário, dois adultos garantem ter sido abusados sexualmente, quando eram crianças, pelo ‘Rei da Pop’.

Relançada a polémica sobre o passado de Michael Jackson, foi a vez de Debbie Rowe dar uma entrevista a frisar que “nunca” teve relações sexuais com o artista.

Debbie Rowe salientou que conheceu Michael Jackson na clínica de Arnold Klein.

“Michael estava divorciado e só queria ter filhos”, explicou: “E fui eu disse-lhe, vou ter os teus filhos”.

Em 1996, Debbie Rowe e Michael Jackson casaram-se numa cerimónia com várias situações insólitas, como o padrinho do noivo (um menino de 8 anos) e o vestido (negro) da noiva.

Com o fim do casamento, em 1999, Debbie Rowe renunciou aos direitos sobre Prince e Paris Jackson.

Mais partilhadas da semana

Subir