Nacional

Filha de Bruno de Carvalho arrasa a mãe em carta publicada nas redes sociais

A filha mais velha de Bruno de Carvalho arrasou a “mãe que nunca o foi”, depois da entrevista desta a acusar o ex-companheiro de ser “um psicopata”. Ana Catarina exortou Irina Yankovich a “dizer a verdade”, como “as tareias” que a bielorrussa dava às filhas.

Numa carta aberta publicada no Facebook, Ana Catarina Carvalho, de 15 anos, reagiu à terceira entrevista da mãe biológica, da qual ficou “envergonhada” por causa das “loucuras e mentiras”.

“Não consigo mais ficar calada. São meses a ver a figura ridícula que é a minha mãe”, explicou a adolescente.

E quem é Irina Yankovich, de acordo com a filha? Alguém que “anda outra vez a vender-se por dinheiro, mas desta vez para dar entrevistas”.

“Se queres dizer a verdade vamos falar as duas das tareias que davas às tuas filhas, de forma como me violentavas quando eu era bebé e chorava”, acusou.

Ana Catarina, cuja guarda foi confiada a Bruno de Carvalho em maio de 2006, por sentença judicial, acrescentou que a mãe nem sequer telefonou nos aniversários da filha.

“Amo o meu pai, tenho um orgulho tremendo nele, na minha avó, na rapariga que me tornei… Contigo tinha acabado vendida por um taxista, ou num hospital, de forma recorrente, pelas tareias que gostas de dar às tuas filhas”, insistiu.

A filha de Bruno de Carvalho chegou ao ponto de perguntar à mãe se “o pai da tua filha Mónica” sabia onde ela estava, insinuando que Irina Yankovich teria fugido com ela.

“Não és nada a não ser alguém que se vende por um punhado de euros…”

Apesar de “todas as mentiras” contadas pela mãe nas entrevistas, a adolescente ficou à guarda de Bruno de Carvalho. E, à distância, deixou um conselho final à bielorrussa.

“Ganha vergonha, pois de três filhas já perdeste a mais velha, eu e a Mónica, mal possa, não acredito que vá ficar ao teu lado”, concluiu.

Mais partilhadas da semana

Subir